Harajuku street fashion

Hoje vamos viajar para o Japão e falar de um dos lugares mais cultuados e um dos que abrange o maior número de subculturas: Harajuku.

Harajuku é uma região de Tokyo nos arredores da estação de metrô que leva o mesmo nome. É lá que desde a década de 90 artistas e jovens com roupas extravagantes começaram a mostrar para a cidade e para o mundo seus estilos únicos.

A moda já se inspirou muito e ainda se inspira nas ruas de Harajuku e nos estilos e pessoas únicas que andam por lá. Lembram da answer time com o Nicola Formichetti em que ele repetia sempre que a maior inspiração para ele era Tokyo? Pois bem, muito provavelmente ele se inspira especificamente em Harajuku.

Muitas vezes quando pensamos em moda e subcultura japonesa o que vem na nossa mente são as lolitas e o estilo kawaii, mas esses são apenas alguns exemplos das tribos que andam pela região.

Aliás, a subcultura de lolita já tem outras subcategorias:

-goth lolita: com influências de elementos góticos e fofos ao mesmo tempo. As goth lolitas conseguem somar os elementos da silhueta estruturada gótica com muito mais facilidade, já estilos alternativos são bem mais aceitos por lá. Então além de espartilho outras roupas mais estruturadas são facilmente encontradas. Elas usam além de broches e elementos góticos clássicos, espartilhos, ancas, botas e combrinhas.

-sweet lolita: é aquele visual mais infantil, com vestidinhos fofos em tons pasteis, meninas que parecem bonecas vitorianas ou vindas do mundo de Alie no país das maravilhas. Elas sempre andam com vestidos bem fru frus, laços, acessórios feitos de bichinhos de pelúcia, sombrinhas delicadas, etc

-kodona: é o estilo adaptado para um estilo mais masculino também inspirado na moda vitoriana, mas dessa vez na moda masculina, como as calças príncipe.

Outra subcultura forte é a visual kei ou vkei que tem um estilo completamente diferente das meninas fofas com vestidinhos tons pastéis que se parecem com bonecas. A moda vkei é pesada, com influência rock, com cabelos, maquiagem e acessórios fortes e roupas extravagantes. Uma versão ocidental seria o glam rock.

É muito difícil falar de todos os estilos que podem ser encontrados em Harajuku, não só por serem muito, mas porque se misturam frequentemente. Além de ser quase heresia a gente querer colocar rótulos em uma manifestação de estilo e cultura que prega tanto pelo estilo único e não padronizado.

Melhor do que ficar citando estilo por estilo, é ver como as pessoas se vestem por lá e tirar influências independente do rótulo que o estilo ganhe. Ah, e esqueça as revistas japonesas, elas são no máximo semanais e em uma semana tudo já aconteceu em Harajuku. A melhor mídia para acompanhar o estilo Harajuku são as redes sociais mesmo ficam aqui duas super dicas:

Harajuku style tumblr e Tokyo fashion (fonte das imagens)

 

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s